Je Suis Charlie

16:33

Eu tinha um post pronto, preparado para hoje.
Mas diante do que aconteceu, impossível escrever sobre outra coisa.
Eu, futura jornalista, chorona e indignada, não consigo aceitar o que aconteceu hoje.
Mesmo depois do Iluminismo, Revolução Francesa e Maio de 1968, a França viveu hoje a volta do terror. A liberdade, igualdade e fraternidade foram quebradas, todas de uma vez, por terroristas que acham que estão agindo em nome de um deus que nem conhecem.
E não digo isso criticando a religião. O Islamismo é uma das crenças que mais admiro. E justamente por admirar e saber pelo menos o suficiente sobre, eu sinto vergonha desses atiradores. Não só pelo que fizeram. Mas também em nome de quem fizeram. Nem Zeus com seu gênio intempestivo aprovaria tal ato.
Porque uma sátira nada mais é que uma crítica bem humorada da humanidade. As de cunho religioso não ofendem deuses, profetas ou santos, ofendem as pessoas que distorcem a crença. Esses terroristas vestiram a carapuça, que serviu muito bem, e atacaram uma piada com tiros. Tiros os quais calaram gênios dos cartunismo, mas não apagaram nem apagarão seu legado.
Eu só rezo para Deus, rezo também para Alah, e até para Zeus se deixarem. Eu rezo porque espero o dia em que a sede de poder não faça com que alguns idiotas peguem textos sagrados e mudem o significado deles. Eu rezo para que as pessoas parem de ouvir o que esses idiotas tem a dizer, que parem de segui-los. Eu rezo porque acredito em dias melhores e acredito na paz. E eu continuarei acreditando.














#RIP #JeSuisCharlie

You Might Also Like

1 comentários

  1. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir