estou indo, de novo.

17:02

Estou indo.
Da última vez que fiz isso, estava chateada.
Depois de uma das piores noites da minha vida, uma das maiores decepções.
Quando cheguei em casa, chorava.
Aí me controlava, por que chorar? É, você conseguiu me magoar.
No dia seguinte, a primeira coisa que eu fiz foi ir.
Não era uma fuga, eu só precisava sair daqui, me sentir longe o bastante para não cogitar te ver.

E amanhã estou indo de novo.
Só por três dias, mas já é uma ida.
Depois de semana que vem, só vão me restar os fins de semana.
Eles passam tão rápido que até esqueço que não te vi.
E não te verei por mais 5 longos dias, pelo menos.
Mas eu sempre lembro que queria sim, ter te encontrado. Te beijado. Abraçado.
Só que à essa altura, eu já estou descendo a serra.

Hoje, percebi que o tempo acabou.
Não todo tempo ou nosso tempo,
O tempo que acabou foi o que eu tinha me dado.
Saí de lá querendo gastar todo o tempo possível resolvendo as coisas entre nós.
Queria mesmo ter te encontrado neste verão.
Mas todo dia eu deixava pro outro dia que virava outra semana.
Os meses passaram e agora eu vi que não te vi.

Então hoje,
Me sinto como me senti da última vez que te vi, triste. Um pouco de choro.
É porque eu até de vi, de longe - mas parecia que era só esticar o braço e te tocar.
E, enquanto você passava, meu coração parava.
Não estou magoada mais, isso já resolvemos. Estou um pouco apaixonada.
Quando eu voltei, achava que meu coração já estava acostumado.
Mas ele tava só me enganando. Ele ainda para por você, e me leva o folego junto.

É, eu estou indo. Mas eu já volto.
E podemos até não nos encontrar. Mas vou sempre esperar.
(Me decepcionar também)
Você sabe, é só dar 30 minutos para eu me arrumar.
E eu vou estar aqui - ou aí - de novo.
Porque para onde estou indo, pode até ser maravilhoso.
Só que a Cidade Maravilhosa, não é tão maravilhosa assim sem você.


                                                                                                                            para meine liebe (:

You Might Also Like

1 comentários

  1. Eu adoro esses seus textos porque eles me lembram os monólogos que eu posto apenas e somente no tumblr. Não tenho coragem de compartilhá-los no blog, admiro a sua [coragem]. Sensibilidade a flor da pele, lindo como sempre. Parabéns, Giub! Saudades!!! <3

    ResponderExcluir